quinta-feira, 26 de março de 2015

SISPUMI convoca Servidores, exceto Professores, para Assembleia Geral Extraordinária

Confira o Edital de convocação desta Assembleia Geral Extraordinária:
 

Comissão de Paralisação está formada com representantes de diversas Escolas



A Comissão de Paralisação está formada e conta com representantes de diversas Escolas com representação na nossa Paralisação dessa quarta-feira. Integrantes desta Comissão irão articular juntamente com a Diretoria do SISPUMI os próximos passos e estratégias de nosso movimento.
O primeiro encontro desta Comissão após sua formalização acontecerá segunda-feira, 30, às 17h00 na sede do Sindicato, e já trataremos de nosso próximo movimento que é o “Panelaço”.

Já temos preparados um “Panelaço” para a próxima semana, caso não haja negociação por parte da Gestão municipal



O nosso Sindicato deliberou em Assembleia Permanente na tarde dessa quarta-feira que, caso a Gestão municipal não se disponha nestes dias ao diálogo nós Sindicato e Professores iremos realizar na próxima semana um “Panelaço” em frente à Prefeitura e Educação, reivindicando que seja feito o Reajuste de 22,97%  do Piso salarial em Itapajé.
Se houver demora e mais ainda descompromisso da Gestão em não negociar com o Sindicato e categoria realizaremos na próxima semana este Manifesto como forma de protestar o descaso de quem está à frente do governo municipal.

Em tarde de Paralisação, Professores e SISPUMI se manifestam na sede do nosso Sindicato

Após nossa bem sucedida Manifestação que realizamos nas ruas do centro de Itapajé, como parte da Paralisação dessa quarta-feira, na tarde parte da tarde reunimo-nos novamente na sede de nosso Sindicato aonde Professores e nossa Diretoria se manifestaram novamente contra a morosidade da Gestão municipal em conceder o Reajuste do Piso salarial dos Professores.
Palavras de ordem, de incentivo aos demais companheiros, confecção de cartazes e até mesmo música ao vivo para descontrair um pouco aconteceu em nossa tarde maravilhosa, já nos preparando para a próxima semana realizarmos o "Panelaço", caso a Gestão não se mobilize para receber o SISPUMI e representantes da categoria para o diálogo, daqui pra lá temos já esta ideia de novamente nos manifestarmos na quarta-feira da próxima semana.
















Reunião do SISPUMI, Servidores da Saúde e representantes da Gestão municipal será dia 31 de Março

Marcada inicialmente para o dia 24, na semana corrente, o Secretário municipal de Finanças, Rocivaldo Araújo, informou por meio de Ofício que remarcou para o próximo dia 31 deste mês a reunião em que o SISPUMI e Servidores da Saúde negociarão com a Gestão municipal ser concedido alguns benefícios garantidos por Lei, os quais ainda não são pagos pelo município.
O local não foi definido desta reunião remarcada para a data acima mencionada, que será a partir das 14, mas em breve informaremos aos Servidores que interessam participar aonde acontecerá.
 

quarta-feira, 25 de março de 2015

Sindicato e Professores caminham pelo centro de Itapajé e fazem Manifesto pelo Reajuste do Piso

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Itapajé juntamente com centenas de Professores neste Dia D de Paralisação realizaram também pelas ruas do centro da cidade uma caminhada e Manifesto cobrando da Gestão municipal que cumpra com o Reajuste do Piso salarial do Magistério, reajustando-o em 22,97%, que é o percentual reivindicado pelo Sindicato para os Professores de Itapajé.
Em nosso Manifesto gritamos: "Professores na rua, Prefeito a culpa é sua"; "paga o Piso ou não piso na Escola" e outros dizerem pacíficos repudiando a atuação desastrosa da Secretária de Educação.
Nossa Paralisação segue por todas esta tarde, e já estamos decididos de próxima quarta-feira paralisarmos novamente, agora com a intensificação da manifestação realizando um panelaço em frente á Prefeitura e Secretaria de Educação.











Início de Paralisação já reúne centenas de Profesores no SISPUMI

O Dia D de Paralisação já reúne centenas de Professores em nosso Sindicato na manhã desta quarta-feira. Professores de unidades escolares da sede e distritos já participam e fazem juntamente conosco este ato demonstrando nossa indignação ao descaso da Gestão municipal em não querer reajustar o Piso salarial dos Professores como propõe, de direito, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Itapajé.
A Paralisação segue por todo o dia e vamos logo mais às ruas numa manifestação pacífica e cobrando da Gestão que reajuste o Piso em Itapajé.



terça-feira, 24 de março de 2015

O REAJUSTE DOS PROFESSORES DEVE SER DE 22,97% EM ITAPAJÉ



O SISPUMI está mobilizando os Professores da Rede Municipal de Ensino de Itapajé para o Dia D de paralisação que ocorrerá neste dia 25/03/2015. A Luta do SISPUMI é de um reajuste dos professores de 22,97% conforme estabelece as regras da Lei 11738/2008. O mínimo do reajuste é de 13.01%, mas nós queremos mais.

Entenda por que
  • Pelo art. 5º da Lei 11.738/2008, o piso dos professores deve ser reajustado em primeiro de janeiro de cada ano de acordo com o mesmo percentual de crescimento do valor aluno.
  • A Portaria Interministerial nº 17, de 29 de dezembro de 2014, fixou o valor aluno para 2015 em R$ 2.576,36. Com isso, todos os prefeitos e governadores passaram a receber, religiosamente, desde o primeiro dia deste ano, os repasses do Fundeb com base em tal valor.
  • Assim, para obter o valor legal mínimo do piso (R$ 2.086,77), e o percentual de reajuste (22,97%), basta:
Selecionar o valor aluno em 2008 (ano de aprovação da Lei 11.738), fixado pelo governo em R$ 1.172,85, e compará-lo com o valor aluno fixado, também pelo governo, para 2015, os R$ 2.576,36.
  1. Faz-se as contas e percebe-se que houveu um crescimento quantitativo de R$ 1.403,51, com percentual de 119,66%.
  2. Em seguida, aplica-se esse percentual (119,66%) sobre o valor do piso fixado pelo governo em 2008, R$ 950,00. Obtém-se assim R$ 2.086,77, que é o valor legal do piso para 2015.
  3. Como o valor atual do Piso, rebaixado através de sucessivas falsificações pelo próprio governo federal, é R$ 1.697,00, é preciso aplicar sobre ele 22,97% para que se chegue ao piso de R$ 2.086,77 e fazer com que Lei 11.738/2008 possa de fato ser cumprida.
Quem sabe faz a hora não espera acontecer.