quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Itapajé na Lista de Municípios a serem apurados o regime próprio de Previdência

Inspeção da Corte apontou rendimentos negativos de mais de R$ 40,3 milhões. Problema pode decorrer de má gestão ou de cenário econômico desfavorável, mas a Corte investiga possível má fé em alguns dos casos.
Problemas de má gestão ou cenário econômico desfavorável causaram, apenas no último biênio, prejuízo de mais de R$ 40,3 milhões a cofres de municípios do interior do Ceará. O rombo teria ocorrido a partir de fundos de previdência de cidades que adotaram regime próprio de aposentadoria de servidores. Possíveis atos de má fé são investigados pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) e já motivaram 42 ações da Corte a gestores.
 A informação é de relatório de inspeção especial do TCM, obtido com exclusividade pelo O POVO. Ao todo, 40 dos 57 municípios cearenses que possuem previdência própria – mantida com recursos municipais e desvinculada do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) – foram vistoriados. A auditoria constatou rendimentos negativos totais de R$ 40,3 milhões.
 “O grande número de municípios que estão fazendo previdência própria já vinha nos preocupando, até porque gerir isso não é fácil. Depois que saíram notícias de corrupção envolvendo depósitos de fundos de previdência para aquele doleiro, o Alberto Youssef, resolvemos investigar”, diz o presidente do TCM, Francisco Aguiar. Segundo ele, erros comuns vão desde aplicações ilegais até extratos irregulares.Aguiar afirma que ainda é impossível confirmar má fé nos casos. “Alguns podem ser má gestão ou até só reflexo de mau momento do mercado, por queda de ações ou de fundos de investimento públicos”. Ele destaca, no entanto, existência de “casos extremamente graves e suspeitos”. “Teve prefeito que pegou empréstimos da previdência para pagar folha de pagamento, com juros módicos e parcelando em até 70 vezes”.
Nos últimos dias, 42 gestores foram intimados a explicarem rendimentos negativos. Casos não esclarecidos serão transformados em processos.

Confira municípios fiscalizados pelo TCM

1- Acarape
2- Acopiara
3- Alto Santo
4- Amontada
5- Aracati
6- Aracoiaba
7- Beberibe
8- Boa Viagem
9- Canindé
10- Cascavel
11- Caucaia
12- Choró
13- Crato
14- Eusébio
15- Fortim
16- General Sampaio
17- Horizonte
18- Icapuí
19- Ipú
20- Ipueiras
21- Itaitinga
22- Itapajé
23- Itapiúna
24- Itarema
25- Juazeiro do Norte
26- Maranguape
27- Morada Nova
28- Ocara
29- Pacatuba
30- Pacoti
31- Palhano
32- Potiretama
33- Quiterianópolis
34- Quixadá
35- Quixeramobim
36- Redenção
37- Russas
38- Santa Quitéria
39- São Gonçalo do Amarante
40- Tejuçuoca
 Fonte O Povo

Diretoria do SISPUMI e Vigias peregrinam em Secretarias na busca de diálogo na negociação pelo Adicional de 30% do Risco de Vida

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Itapajé desempenhou uma verdadeira manhã de lutas nesta quarta-feira. Após a Assembleia com Servidores da Saúde nossos diretores se reuniram com representantes de Vigias para ir até à Prefeitura em busca de negociar por meio do diálogo o Adicional que a categoria anseia, mas o Prefeito não encontrava-se na cidade, entretanto ficando pré agendado para terça-feira o Sindicato e Vigias irem novamente em busca deste diálogo de negociação com o Gestor.
Após esta comissão de Servidores vigilantes acompanhados de diretores do SISPUMI estarem na Prefeitura, caminharam até a Secretaria de Educação para tratar com a Gestora da Pasta que ela também intermedie o cumprimento da Prefeitura na garantia deste direito a estes trabalhadores,tendo em vista que muitos são Vigias de Escolas do município. Logo em seguida a comissão se dirigiu até a Secretaria de Saúde, aonde em conversa com a Secretária também solicitamos que ela some forças na luta destes Servidores e intermedie com a Procuradoria do município o cumprimento deste direito para os Vigias que são os 30% de Adicional do Risco de Vida. A Secretária de Saúde se comprometeu a dar um posicionamento da Gestão logo no início do mês de Janeiro.

Em Assembleia Permanente SISPUMI e Servidores da Saúde deliberam aguardar pagamento até Sexta-Feira, 19

Em Assembleia Permanente promovida pelo SISPUMI na manhã desta quarta-feira, 17, após o Sindicato apresentar aos participantes o Ofício enviado pela Secretaria de Saúde afirmando que até o dia 19 o pagamento referente ao mês de novembro estaria sendo efetuado, com este ofício nossa diretoria motivou a assembleia a se posicionar o que fazer, se continuar com as manifestações ou cessá-las, aguardando até o prazo dado pela Secretaria para efetuar o pagamento. Os presentes na Assembleia em maioria deliberaram aguardar até sexta-feira, caso não se cumpra o que se propôs a Gestão, na segunda-feira a tarde os Servidores e Sindicato voltam a se reunirem em Assembleia e deliberarão as próximas ações a serem tomadas pelos Servidores.
 
Confira o que está contido no Ofício enviado pela Secretaria de Saúde ao SISPUMI
 

Manifestação pelo pagamento do Salário de Novembro é iniciada pelo SISPUMI e Servidores

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Itapajé iniciou nesta manhã de terça-feira mobilização para que a Prefeitura cumpra com o quinto dia útil de cada mês, pagando o salário dos Servidores da Saúde do mês de novembro, e com isto expôs a seguinte faixa na frente de nosso Sindicato.
 

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

SISPUMI reunirá novamente Servidores em Assembleia Permanente na manhã desta Quarta-Feira

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Itapajé estará na manhã desta quarta-feira a partir das 07:00 reunindo os Servidores da Saúde em Assembleia Permanente para deliberarmos ações de mobilização reivindicando o pagamento em dias dos Salários destes Servidores que estão sendo prejudicados, por que o Prefeito não cumpre com o pagamento até o quinto dia de cada mês.
 

SISPUMÓVEL veicula áudios de Servidores indignados com o atraso de seus Salários

A combi do SISPUMI está veiculando pelas ruas de Itapajé áudios de Servidores demonstrando sua indignação quanto ao atraso do pagamento do mês de novembro por parte da Prefeitura, que até a data de nossa Assembleia ontem, segunda-feira, não havia ainda efetuado este pagamento a muitos Servidores.
A Assessoria de comunicação de nosso Sindicato gravou com representantes destes Servidores áudios pelos quais cada um expressa sua indignação a este desrespeito do Prefeito em descumprir com o pagamento até o quinto dia útil de cada mês.
 

Diretores do SISPUMI aguardam com persistência serem recebidos pela Secretária de Educação

Os diretores do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Itapajé com persistência aguardam serem recebidos pela Secretária de Educação, Professora Célia Bernardo, que há vários meses a nossa diretoria tenta uma reunião com a Gestora para tratar de uma pauta de reivindicações dos professores da rede municipal.
Na terça-feira da semana passada, dia 09, estivemos à tarde na Secretaria de Educação Dr. Cid, Raquel, Zeuda e Roci esperavam serem recebidos pela Secretária, que alegou está numa reunião fechada e não poderia receber nossos diretores naquele dia e nem mesmo no decorrer da semana devido a sua agenda já conter muitos compromissos.
A diretoria do SISPUMI está na persistência para que em logo em breve consigam esta reunião com a Secretária Célia Bernardo para tratar de assuntos que é reivindicação dos professores de nosso município.
 

SISPUMI reúne em Assembleia Geral Extraordinária Servidores da Saúde que estão indignados com o Atraso de seus Salários

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Itapajé realizou no final da tarde e início de noite desta segunda-feira uma Assembleia Geral Extraordinária com Servidores da Saúde que se demonstraram bastante indignados com o atraso do pagamento de seu salário referente ao mês de novembro, que até a data da Assembleia não haviam recebido ainda.
Nossos diretores deliberaram com os Servidores algumas ações para serem tomadas em conjunto, Sindicato e Servidores, na cobrança junto à Gestão municipal pelo pagamento do salário em atraso.
Um dos pontos deliberado pela Assembleia foi a emissão de uma Nota de Repúdio ao Prefeito demonstrando total insatisfação e indignação por parte dos Servidores e Sindicato a este desmando que é o descumprimento do pagamento dos salários dos Servidores até o quinto dia útil do mês; uma prática em falta no município de Itapajé.